7 aves assustadoramente inteligentes

7. Cacatua

Em experimento divulgado recentemente, pesquisadores da Europa desafiaram 10 cacatuas não treinadas a abrir uma caixa que tinha cinco fechaduras diferentes – a recompensa era uma noz. Um dos animais conseguiu abrir a caixa em menos de duas horas sem ajuda; os outros também conseguiram, embora tivessem observado um companheiro mais habilidoso ou analisado as fechaduras separadamente para poder aprender. Mesmo quando os cientistas modificaram o desafio (tirando uma trava ou mudando a ordem das outras), as aves conseguiram resolvê-lo.

6. Corvo-da-nova-caledônia

Segundo os cientistas, o veneno do Pitohui está localizado em sua pele e penas. Trata-se de uma toxina chamada de homobatracotoxina, que tem a capacidade de provocar paralisia no corpo dos seres vivos - inclusive nos músculos do coração, podendo causar a morte.

Considerada uma das espécies de ave mais inteligentes do mundo, esse corvo é capaz de usar ferramentas simples (como gravetos) para alcançar alimentos – uma habilidade que não é encontrada em outros não primatas.

Um estudo realizado na Universidade de Oxford (Reino Unido) mostrou que o corvo-da-nova-caledônia consegue até mesmo modificar uma ferramenta (no experimento, duas aves tinham que usar um gancho de arame para alcançar um alimento dentro de um pote; quando o primeiro corvo “roubou” o gancho, o segundo dobrou um pedaço de arame que tinha por perto, para substituir a ferramenta perdida).

5. Calau-africano

Até onde se sabe, o calau-africano é um dos únicos animais capazes de compreender a linguagem de outra espécie. Pesquisadores da Universidade de St. Andrews (Reino Unido) descobriram que o calau entende os chamados do macaco-diana, que emite um alerta específico para cada tipo de predador que encontra.

Ao ouvir um alerta que indica a presença de uma águia, a ave foge; quando o alerta se refere a um leopardo, porém, ela continua onde está, já que entende que não está sob ameaça.

4. Gaivotas

Mergulhar de grandes alturas para capturar alimento não é tarefa simples e, para o azar de peixes e turistas em regiões costeiras, as gaivotas fazem isso muito bem – não importa se o alimento em questão é um peixe ou um sorvete.

3. Cormorão

Por falar em habilidade de caça, o cormorão vai ainda mais longe que as gaivotas, mergulhando até 46 metros debaixo d’água em busca de suas presas, uma habilidade extremamente rara entre aves – que normalmente pescam pouco abaixo da superfície do mar. Uma câmera nas costas deste animal capturou o impressionante mergulho:

2. Pega-rabuda

Comum na Ásia, na Europa, na América do Norte e no norte da África, esse pássaro tem a fama de “mão leve”, pois rouba sem dificuldade objetos coloridos e brilhantes.

1. Abutre-do-egito

Essa ave é conhecida por se alimentar de ovos de avestruz e por usar uma ferramenta para isso. Como a casca desses ovos é extremamente resistente, o abutre-do-egito usa uma pedra que encontra por perto para “martelar” o ovo até quebrar sua casca.

Matéria do site hypescience