Torneios

Muda do Trinca Ferro

A substituição de todas as penas das aves é comum em determinada época do ano. É um processo natural de suas vidas, normalmente relacionado a fatores biológicos. Esta substituição ocorre para que a ave possa manter condições ótimas de vôo, com penas novas e perfeitas. No dia a dia, é normal que, por algum motivo, alguma pena venha a cair. Quando isso ocorre, o organismo faz com que nasça outra em seu lugar.

O período de troca de plumagem, mais conhecido como “muda”, envolve uma série de processos que não são percebidos, como, por exemplo, a organização do aparelho reprodutivo. Durante a muda os machos “esfriam”, param de cantar e, na maioria das vezes, diminuem muito a sua movimentação na gaiola. Algumas fêmeas não produzem óvulos, e os machos podem perder temporariamente a fertilidade. As penas devem cair natural e gradualmente, sem que todas caiam ao mesmo tempo, já que a ave necessita sempre de uma quantidade razoável de penas para manter-se aquecida e para voar. Se houver áreas de pele expostas, ou se a gaiola aparecer, de um dia para o outro, repleta de penas, é sinal de que há algo errado com a saúde do animal. De toda forma, a muda de penas, ainda que seja gradual, debilita muito as aves. Por este motivo, os cuidados devem ser redobrados. Atenção às mudanças bruscas de temperatura e correntes de ar, além de cuidados com a suplementação de vitaminas, aminoácidos e minerais.

Temperaturas mais elevas podem favorecer mudas mais rápidas e, por este motivo, muitos criadores encapam as gaiolas no intuito de manter as aves mais protegidas de eventuais mudanças na temperatura. É importante, no entanto, ter cuidado para que uma ventilação mínima saudável seja mantida, já que a amônia, proveniente dos excrementos, pode causar intoxicações na aves, quando em ambientes muito abafados.

A muda ocorre, em geral, após o período reprodutivo. No Brasil, para a maioria das aves, isto acontece entre janeiro e março. Sabe-se, no entanto, que fatores como temperatura, umidade relativa do ar, e aspectos comportamentais podem influenciar a entrada da ave em muda. Na natureza, o período de troca de plumagem pode durar em torno de quatro meses. Quando as aves são mantidas em gaiolas, no entanto, normalmente em dois meses a muda já está completa.

A diversificação alimentar e a suplementação são essenciais para qua a muda ocorra por completo e para que os pássaros saiam desse período saudáveis e com vigor. O estado nutricional da ave ao iniciar o período de muda também é muito importante. Para garantir a nutrição ideal dos pássaros no período de manutenção, utilize rações e farinhadas balanceadas.

Via